A mente infantil e os chapéus de fada

A mente infantil é realmente fascinante, né?

Ontem eu estava fotografando os novos chapéus de fada para colocar na loja virtual e me lembrei de uma situação que aconteceu com minha irmã há algum tempo atrás.

chapéu de fada

Sempre que pode, minha irmã Raquel me ajuda nas feiras e bazares que participo. Uma das primeiras coisas que ela faz logo que chega é colocar um acessório de fantasia. Ela costuma dizer que é para as pessoas visualizarem melhor, particularmente eu acho que o que ela diz é apenas desculpa. Se ela pudesse mesmo, ela sairia todos os dias fantasiada pelas ruas. Bem seja por puro altruísmo ou por não ter perdido sua criança interior o fato é que é comum encontrá-la seja com a coroa de flores, uma trança, as vezes até asinhas nas costas. Nesse dia foi o chapéu de fada.

Pois bem, enquanto eu estava conversando com uma cliente a filha desta espiava fascinada minha irmã por baixo das fantasias da arara. Ao perceber que a menina a espiava, minha irmã se abaixou e disse:

– Oi, tudo bem? Qual o seu nome?

E a menina continuava a olha-la deslumbrada.

– Meu nome é Raquel e o seu? – ela tentou novamente.

– Não – disse a menina

-Não?

– Você é a fada madrinha. Fada madrinha da Cinderela –  a menina afirmou encantada.

1374858_566384550100534_820250659_n

(Eu e Raquel – foto: Dani Ennes Photography)

Então tá, né? Existe forma melhor de saber que atingiu seu objetivo? Fascinar, encantar, enfeitiçar. Pequenos e grandões. É também acho que não.

Ah, os chapéus já estão disponíveis na loja virtual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s